Lojistas reforçam segurança para evitar furtos nas vendas de fim de ano no Centro de Ribeirão Preto

Cerca de 1 milhão devem passar pelo comércio até 31 de dezembro.

Polícia Militar e Guarda Civil Municipal também preparam esquema especial para agir no calçadão.

Lojistas reforçam segurança para evitar furtos no fim de ano em Ribeirão Preto Cerca de 1 milhão de pessoas devem ir às compras no Centro de Ribeirão Preto (SP) até o fim do ano.

Para evitar furtos em meio a tanta gente, comerciantes reforçaram a segurança.

A Polícia Militar e a Guarda Civil Municipal também preparam esquemas especiais. Tudo isso é necessário porque as lojas estão funcionando em horário estendido: de segunda a sábado, das 9h às 22h, e aos domingos, entre 10h e 17h.

No dia 24 de dezembro, véspera de Natal, o comércio no Centro funciona das 9h às 18h. “Tem peças em que a gente coloca dois, três, até quatro alarmes, dependendo do valor.

Esconde os alarmes em lugares onde o pessoal não enxerga.

O prejuízo, a gente calcula agora no final do ano, é em torno de R$ 3 mil”, diz o empresário Lindinalvo José de Oliveira. Dispositivos de segurança instalados em calças jeans em loja de Ribeirão Preto Chico Escolano/EPTV Proprietário de uma loja de roupas na Rua General Osório, Lindinalvo investiu em 16 câmeras e 40 mil dispositivos de segurança para instalar nos produtos.

Caso algum cliente tente sair do estabelecimento com alguma peça, o alarme dispara imediatamente. “A gente faz um investimento pesado porque hoje em dia não sei o que está acontecendo com o país, tem muita gente que acha fácil levar o produto de gente que trabalha”, afirma.

“Nessa época, a rua cheia de gente, pessoal por todo lado e gente de todo tipo”, completa. Gerente de uma loja de bijuterias e enfeites, Mariana Samahá conta que o prejuízo com furtos despercebidos chega a R$ 300 por dia.

O estabelecimento tem 110 câmeras de segurança e três fiscais foram contratados para ficar de olho em quem entra e sai do local. “São peças bem pequenas, mas a gente consegue ter o controle de tudo através do sistema.

É muito bem supervisionada a loja.

A gente consegue ter toda a contabilidade por dia das compras.

Em todos os corredores têm câmeras, em todas as posições”, afirma. Guarda Civil Municipal e Polícia Militar reforçam a segurança no Centro de Ribeirão Preto Chico Escolano/EPTV O tenente da Polícia Militar Marco Aurélio Pariz explica que o efetivo foi reforçado por intermédio da "Atividade Delegada", que permite aos policiais militares trabalharem no período de folga.

Com isso, quatro viaturas a mais estão circulando nas ruas do Centro diariamente. "Sábado e domingo, quando o comércio funcionará das 10h às 17h, também realocamos viaturas para trabalhar nesse período.

Além disso, temos as motocicletas que trabalham diariamente na área central com apoio das motocicletas da Rocam, que pertencem à Força Tática", diz. Além disso, ainda segundo Pariz, com o fim do período letivo, as equipes e as viaturas da Ronda Escolar foram realocadas na segurança do Centro.

Esses agentes estão atuando, inclusive, em bicicletas que percorrem todo o calçadão e a Praça XV de Novembro. "O principal delito na região central é o furto ou roubo de celular.

Uma das principais prevenções seria a vítima não ostentar celular quando estiver na rua, principalmente quando estiver no ponto de ônibus para voltar ou vir à região central", finaliza. O empresário Lindinalvo José de Oliveira na loja de roupas em Ribeirão Preto Chico Escolano/EPTV Veja mais notícias da região no G1 Ribeirão Preto e Franca
Categoria:SP - Ribeirão Preto e Franca