Evangelista morre após ser esfaqueado no coração nas ruas da Turquia

Na última segunda-feira (19), um evangelista cristão foi assassinado no sudeste da Turquia.

Missionário coreano Jinwook Kim foi esfaqueado na cidade de Diyarbakir em um ataque violento.

Segundo o International Christian Concern (ICC), a Direção de Segurança Pública do Departamento de Homicídios da Turquia prendeu um jovem de 16 anos por suspeita de que ele tenha sido o autor do atentado.

Segundo relatos, ele foi esfaqueado três vezes – duas vezes no coração e outra nas costas, sucumbindo aos ferimentos em um hospital local.

O missionário de 41 anos pastoreava uma pequena congregação de cristãos e foram os membros da igreja que forçaram as autoridades a investigarem o crime como um assassinato, não como um latrocínio.

“Isso não foi apenas um assalto; eles vieram para matá-lo”, disse um líder da igreja local em entrevista ao ICC.

“Sempre recebemos ameaças.

Um irmão profetizou há alguns dias que eles (o governo) vão expulsar esses estrangeiros e provavelmente matar alguns irmãos turcos.

Eles vão causar o caos.

Eles sabem que estou tentando espalhar o evangelho, para que também possam me atingir.

Isso pode ser um sinal”, continuou.

Embora a Turquia tenha prendido e maltratado inúmeros pastores nos últimos anos, Kim é o primeiro líder cristão a ser assassinado desde 2007, quando três crentes foram mortos na Editora Zirve, em Malatya.

Categoria:Mundo Cristão