Sabesp anuncia investimento em novos reservatórios em Itanhaém

Segundo a empresa, a obra melhorará a capacidade hídrica de Peruíbe, Itanhaém, Mongaguá, Praia Grande, até a Área Continental de São Vicente.

Obra melhorará a capacidade hídrica de cinco cidades da região Divulgação/Sabesp A Sabesp anunciou a construção de quatro reservatórios de água, na Estação de Tratamento de Água (ETA) Mambu/Branco, em Itanhaém, no litoral de São Paulo.

A capacidade do sistema integrado subirá de 10 milhões para 50 milhões de litros de água tratada (somando os futuros 40 milhões aos 10 milhões existentes).

A medida aumentará a segurança hídrica, a flexibilidade operacional e melhorará o abastecimento público de Peruíbe, Itanhaém, Mongaguá, Praia Grande, até a Área Continental de São Vicente.

Além de maior capacidade, a vazão da estação será duplicada, dos atuais 1,6 mil litros por segundo para 3,2 mil litros por segundo. A obra está avaliada em R$ 46,6 milhões, beneficiando aproximadamente 2,1 milhões de pessoas e fazem parte da 2ª etapa do Programa Água no Litoral.A previsão é concluir a obra em dois anos e meio, para atender a temporada de verão 2022/2023.

Para esta temporada, a Sabesp informou que está sendo ampliada a capacidade de captação de água bruta, nos rios Mambu e Branco, dando maior flexibilidade operacional ao sistema, com antecipação da instalação dos conjuntos moto bombas da obra de duplicação da ETA em andamento. O diretor de Sistemas Regionais Ricardo Borsari declarou que nos próximo 5 anos, as regiões da Baixada Santista e Litoral Norte, devem aplicar cerca de 4 bilhões de investimentos em água e esgoto.

Categoria:SP - Santos e Região