Enem 2019: saiba como vai funcionar o transporte público no DF e o que fazer se perdeu a primeira prova

Ônibus vão operar com reforço na frota no domingo (10), segundo dia de provas.

Metrô-DF ampliou horário de funcionamento.

Estudantes chegam para realizar a prova do Enem em escola do Distrito Federal Mariana Leal / MEC O transporte público no Distrito Federal será reforçado no próximo domingo (10), segundo dia de aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Na capital, mais de 95 mil pessoas estão inscritas para a prova, que também pode ser realizada pelos faltantes na primeira avaliação (entenda abaixo). Neste domingo, serão realizadas as provas de conhecimentos de ciências da natureza e suas tecnologias, e matemática e suas tecnologias.

Os participantes terão 5 horas para resolver as questões.

Acompanhe a cobertura do Enem 2019 no G1 Transporte público Metrô Os trens do metrô vão circular com o horário ampliado.

Todas as estações estarão abertas das 7h às 20h durante o domingo.

Ônibus A Secretaria de Mobilidade do DF afirmou que vari reforçar a frota de coletivos.

Questionada pelo G1 sobre as linhas prioritárias, a pasta informou que "a frota será reforçada de acordo com a demanda, nos horários de pico do evento", ou seja, nas vias e horário de maior fluxo de passageiros.

Ausentes ainda podem participar Candidatos aguardam para fazer prova do Enem, no Distrito Federal TV Globo/Reprodução Quem faltou no primeiro dia de prova tem duas opções: realizar apenas a segunda prova como forma de autoavaliação ou solicitar uma reaplicação (entenda abaixo). Candidato perde Enem por erro do Inep em endereço e terá direito a fazer prova em outra data De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas (Inep), a reaplicação do exame é considerada para casos de "problemas logísticos".

O pedido estará disponível na página do participante entre os dias 11 e 18 de novembro, e leva em conta casos como: Desastres naturais (que prejudiquem a aplicação do exame devido ao comprometimento da infraestrutura do local) Falta de energia elétrica (que comprometa a visibilidade da prova pela ausência de luz natural) Erro de execução de procedimento de aplicação pelo aplicador que incorra em comprovado prejuízo ao participante. No primeiro dia de provas, 24 mil dos 95,8 mil inscritos no DF faltaram.

A taxa de abstenção ficou em 25%.

Local de prova e regras No Distrito Federal, a avaliação é aplicada em 2.934 salas, em 158 instituições.

Para se certificar do endereço, basta acessar o cartão de confirmação disponível no site e no aplicativo oficial do Enem. Para fazer a prova, os candidatos precisam levar caneta preta.

É proibido a entrada na sala com aparelhos eletrônicos que emitem som.

É preciso apresentar documento de identificação original, oficial e com foto.

Veja a lista de documentos válidos: Cédulas de Identidade expedidas por Secretarias de Segurança Pública, Forças Armadas, Polícia Militar e Polícia Federal Identidade expedida pelo Ministério da Justiça para estrangeiros, inclusive aqueles reconhecidos como refugiados Carteira de Registro Nacional Migratório Documento Provisório de Registro Nacional Migratório Identificação fornecida por ordens ou conselhos de classes que por lei tenha validade como documento de identidade Carteira de Trabalho e Previdência Social Certificado de Dispensa de Incorporação Certificado de Reservista Passaporte Carteira Nacional de Habilitação com fotografia Identidade funcional Leia mais notícias sobre a região no G1 DF.

Categoria:Educação