Sobrevivente de caverna na Tailândia, garoto fala como clamou a Deus uma anos depois

Pouco mais de um ano depois que 12 garotos e seu técnico de futebol ficaram presos em uma caverna da Tailândia, em 23 de junho de 2018, na província de Chiang Rai, o jovem Adun, de apenas 14 anos, contou novos detalhes sobre o momento em que ele precisou recorrer a Deus para salvar a sua vida e a dos colegas.

A equipe “Javalis Selvagens”, como ficou conhecido o grupo de 12 adolescentes e seu técnico de futebol, estava passeando de bicicleta na caverna de Chiang Rai, quando foi surpreendida por uma forte tempestade. Procurando se abrigar das chuvas, eles entraram cada vez mais no local, até que se viram encurralados por uma inundação.

“Na 10ª noite, estávamos perdendo a paciência, a esperança, a energia física e a coragem. Não podíamos fazer nada para ajudar [na situação]”, lembra Adun, segundo informações do Christian Today.

“A única coisa que eu podia fazer era orar. Eu orei: ‘Senhor, sou apenas um menino. Tu és todo-poderoso Deus, Tu és santo e Tu és poderoso. Agora eu não posso fazer nada. Que o Senhor nos proteja, venha ajudar a todos os 13′”, disse ele ao lembrar da caverna.

A oração foi fundamental para Adun e seus colegas, porque através disso eles puderam saber que não estavam desamparados. Após uma longa e difícil operação de resgate, todos foram salvos com vida no dia 10 de julho, mas isso custou a vida de Saman Kunan, um mergulhador do grupo de elite da Marinha tailandesa.

“A ajuda veio de Deus no momento mais difícil. Eu orei intensamente e Deus me respondeu com a Sua ajuda. Eu e Deus enfrentamos juntos essa situação, e sou grato a Ele por me ajudar a sair da caverna”, disse Adun, que é evangélico e recebe o apoio da organização missionária Compassion.

Atualmente Adun aguarda a finalização do seu aprendizado de inglês, pois ele foi aprovado pelo governo da Tailândia para estudar em uma escola dos Estados Unidos, em Nova York, um momento que ele aguarda com muita ansiedade.

“Estou tão feliz. Isso significa começar uma nova vida”, disse ele, aproveitando para aconselhar os demais adolescentes que por ventura passam por dificuldades na vida. “Eu diria para serem pacientes e confiantes em Deus. Orem e esperem em Deus com esperança”, conclui o jovem.


Fonte: https://noticias.gospelmais.com.br/sobrevivente-caverna-tailandia-garoto-117115.html

Categoria:Mundo Cristão