Crianças cantam “Jesus me ama” enquanto tornado atinge igreja onde estavam


Um tornado que atingiu a cidade de Paducah, em Kentucky, Estados Unidos, na última quinta-feira (14), não foi suficiente para abalar a fé das pessoas que encontraram no templo de uma igreja o abrigo para se esconder da fúria da natureza.


Enquanto a força dos ventos destruía parte da estrutura do templo da Igreja Batista Monte Sião, um grupo de pelo menos 40 crianças foi orientado por uma mulher, chamada Michelle Rushing, a se concentrar em uma música de louvor a Cristo.


“Jesus me ama”, diz um trecho da canção, e “Ele tem o mundo inteiro em suas mãos”. O grupo ficou dentro de uma sala feita mais segura, enquanto o tornado passava pelo local. A rápida iniciativa de Rushing fez parte dos procedimentos de segurança recomendados em situações de emergência.


O pastor Dan Summerlin, da Igreja Batista Lone Oak, comentou o episódio e destacou a capacitação dos membros da Monte Sião para reagir em situações como essa.


“Isso mostra que eles têm funcionários bem treinados. Se os adultos ficam calmos, as crianças geralmente também ficam”, disse ele, seguido pelo reconhecimento das autoridades locais de que a intervenção divina protegeu a população.


“A mão toda poderosa de Deus forneceu segurança para nossa comunidade”, disse o delegado Matt Carter, explicando a extensão do tornado. “O percurso da devastação é de aproximadamente oito quilômetros de comprimento”.


Carter ressaltou que apesar dos estragos, a comunidade de Paducah foi abençoada por Deus, porque não tiveram vítimas fatais, mas apenas poucos relatos de feridos.


“Aproximadamente três casas foram devastadas, mas não há feridos. Meia dúzia de outras casas sofreram danos menores a moderados. Poderia ter sido uma taxa extremamente alta de fatalidade e somos muito abençoados por relatar apenas uma pequena lesão”, disse ele, segundo informações do Baptist Press.


Fonte: https://noticias.gospelmais.com.br/criancas-cantam-jesus-tornado-igreja-109644.html

Categoria:Mundo Cristão

Deixe seu Comentário