Ex-muçulmano ouve Deus ao tentar suicídio e se entrega para Jesus Cristo


A experiência com Deus é singular e sobrenatural. Muitas vezes é na situação de desespero que essa realidade se torna ainda mais evidente, como pode comprovar o indiano Ab Shaik, que por muitos anos foi obrigado a ser muçulmano, até que uma tentativa de suicídio frustrada por intervenção divida lhe fez dar um passo em direção a Cristo.


Apesar de ter nascido em um lar muçulmano, no Sul da Índia, Shaik foi matriculado por seus pais em uma escola mantida pela Igreja Batista. “Lembre-se, você só vai estudar lá, não ouça o que eles ensinam sobre religião porque eles vão tentar converter você à fé cristã”, dizia o pai dele.


Depois de se recusar a ouvir o Evangelho de Cristo por várias vezes, Shaik resolveu guardar uma versão do Novo Testamento entregue pelos Gideões. Com apenas 17 anos e já formado no ensino médio, o rapaz se especializou em mecânica geral, mas algo lhe angustiava muito.


Shaik e seu pai discutiam muito e isso aos poucos foi minando a motivação do rapaz, ao ponto de tentar o suicídio em 1992. “Foi depois de uma discussão. Saí de casa e fui para o campo para pegar uma substância venenosa que é usada na agricultura”, lembra ele.


“Depois que eu ingeri, ouvi uma voz que dizia: ‘Por que você quer se matar?’ Voltei para o meu pai e ele me levou urgentemente para um hospital”, disse Shaik, sem notar inicialmente que a voz se tratava de Deus querendo salvar a sua vida.


Já recuperado, Shaik se lembrou do que havia aprendido discretamente no colégio Batista e tomou coragem para buscar mais informações com os velhos amigos de sala de aula. Ele reencontrou o Novo Testamento que havia escondido na época e praticamente o devorou.


“Eu o encontrei e li em três dias. Então, procurei meu amigo e disse que queria ser batizado, mas ele não me levou a sério”, lembra Shaik, segundo informações do Evangelical Focus.


“Quando eu disse a ele que tinha aceitado o Senhor, ele me levou para falar com um pastor de uma nova igreja de cerca de 15 ou 20 pessoas. Eu fui lá todos os dias durante três meses e no dia 30 de agosto o pastor me batizou”, conclui.


Atualmente a vida de Shaik é um testemunho de que Deus intervém, mesmo quando a ignorância acerca dEle impede de enxergá-lO na pessoa de Jesus Cristo. Uma lição que este ex-muçulmano agora vai carregar pelo resto de sua vida.


Fonte: https://noticias.gospelmais.com.br/ex-muculmano-ouve-deus-tentar-suicidio-108269.html

Categoria:Mundo Cristão

Deixe seu Comentário