Goleiro Christian, morto em incêndio no CT do Flamengo, era evangélico


O incêndio no Centro de Treinamentos do Flamengo na madrugada da última sexta-feira, 08 de fevereiro, deixou dez mortos e três feridos. A primeira vítima fatal identificada foi o goleiro Christian Esmerio Candido, 15 anos, evangélico.


O jovem atleta era membro da Igreja Ministério da Restituição e era visto pelos funcionários do clube como uma das grandes promessas do futebol, inclusive com passagens pelas categorias de base da Seleção Brasileira.


Em suas redes sociais, o jogador exibia orgulhoso uma foto ao lado do técnico Tite, assim como uma imagem feita durante uma sessão de treinos na Granja Comary, onde a CBF realiza os treinos das equipes antes de competições.


Na página do jogador no Facebook havia uma declaração de amor do atleta por sua mãe: “Obrigado meu Deus por me permitir ser o filho desta Mãe maravilhosa, que me ensinou o que é o amor!”, dizia um trecho final de um texto que o jogador publicou, sem mencionar o nome da mãe.


Segundo informações do jornal O Estado de S. Paulo, o incêndio que vitimou os jogadores começou por volta das 05h00. O Corpo de Bombeiros foi acionado às 05h17 e as chamas foram controladas por volta das 07h00.


O alojamento onde os garotos dormiam era provisório, feito de contêineres, com teto de zinco e sem alvará da prefeitura do Rio de Janeiro. Na planta do Ninho do Urubu, o espaço era descrito como área de estacionamento.


Os jogadores profissionais do Flamengo treinam no mesmo local, mas as instalações usadas por eles são novas e custaram R$ 23 milhões. Na inauguração, em novembro de 2018, a imprensa esportiva destacou o pesado investimento na estrutura, inspirada em grandes equipes europeias.


Fonte: https://noticias.gospelmais.com.br/christian-morto-incendio-ct-flamengo-evangelico-107670.html


Categoria:Mundo Cristão

Deixe seu Comentário