“A vida pode ser dura, mas nossa fé nos ajudou a reconstruir”, diz jovem iraquiano de volta ao país


Milhares de iraquianos tiveram que deixar o país de origem após a onda de ataques promovida pelo grupo terrorista Estado Islâmico na última década, a qual resultou em diversas ocupações, mortes e perseguição às minorias religiosas, incluindo os cristãos.


Apesar disso, com a ajuda de países como os Estados Unidos os radicais muçulmanos recuaram e hoje o maior desafio dos refugiados é reconstruir a vida em sua terra natal praticamente do zero, ainda sob o risco de novos ataques.


O que tem inspirado o retorno e a esperança na reconstrução do país são vidas como a do jovem Youssif. Cristão, ele saiu do Iraque com sua família em 2014, mas agora está de volta e o seu testemunho foi publicado pela organização Portas Abertas.


“Reconstruímos nossa vida aqui e eu estou na escola de novo. Desde que começamos a reconstruir, houve uma mudança para melhor. Em muito pouco tempo, as coisas ficaram melhores”, disse ele.


O rapaz explicou que por conta da evasão, não possui mais o mesmo ritmo de vida que antes, já que a maioria dos amigos fugiram do país. Por outro lado, o tempo livre tem que proporcionado mais tempo de estudo e foco nas coisas de Deus, como sua relação com a igreja.


“Eu não saio muito, não tenho uma vida ocupada, cheia de coisas. Mas se quero ser bem-sucedido, tenho que estudar muito. Apesar de o futuro ser incerto, agora eu tenho fé”, disse ele, ressaltando a mudança de perspectiva na cidade onde vive atualmente. “Nossa fé é maior do que pensamos. Descobrimos isso quando estávamos reformando nossas casas aqui em Qaraqosh”.


O jovem cristão também demonstra uma fé bastante amadurecida por conta dos conflitos. Ele entende que vale a pena correr o risco de permanecer em seu pais, mesmo que isso lhe custe a morte por amor a Cristo.


“A vida pode ser dura, mas nossa fé nos ajudou a reconstruir. Ainda há medo, pois novos ataques podem acontecer. Pode haver medo, mas também há coragem entre os cristãos que escolheram ficar aqui. Se morrermos, morreremos por Jesus”, conclui Youssif.


Fonte: https://noticias.gospelmais.com.br/vida-dura-iraque-nossa-fe-nos-ajudou-reconstruir-102116.html




Categoria:Mundo Cristão

Deixe seu Comentário